Mochila Defender

2_defender_frente_multicam_black

E aí Guerreiro! Tudo na paz? Hoje o papo é sobre a Mochila Defender. Já vou avisando que se você não gosta de ler, não tem problema, no final da página tem um vídeo explicando absolutamente TUDO sobre ela, fechou? Confere aí!

1-defender-perspectiva-coyote

A Mochila Defender é uma opção para quem gosta de participar de situações mais extremas e, ou de sobrevivência. E convenhamos, enfrentar esse tipo de situação com um equipamento porcaria é pra fuder com a vida de qualquer um.

Apesar de toda a robustez, ela possui 07 compartimentos com organizadores internos. Inclusive o compartimento frontal possui porta rádios, documentos e canetas. E não para por aí… Pelo fato dela possuir um painel traseiro acolchoado e cintos de fixação na cintura e no tórax ela é superconfortável.

2_defender_frente_coyote

O tecido dela é o 600 D resinado em PVC, ou seja ela também é resistente a água e utiliza o sistema M.O.L.L.E para acoplar os módulos. Ainda não ficou satisfeito? Saiba que ela é compatível com até dois refis de hidratação de até 3L e possui a capacidade para até 55L.

Ah, e antes que eu esqueça o modelo dela possui três cores com seis camuflados diferentes. Tenho certeza que você vai achar a perfeita pra usar onde quer que for!

mochila-defender-camuflado

Com grande capacidade e bastante conforto, essa mochila vai te auxiliar muito em qualquer situação um pouco mais extrema.

Gostou da Mochila Defender? Clica aqui
Ainda não está convencido guerreiro? Olha o vídeo dela no canal da Tática:

Como tirar o CR?

img_exercito1

Se você tem dúvidas de como tirar o Certificado de Registro (Também conhecido como CR), ou mesmo o que é, pode comemorar porque aqui é o lugar certo para você tirar todas as suas dúvidas.

Pra começo de conversa é importante saber que no Brasil, o Exército é o órgão responsável por fiscalizar os chamados produtos controlados, sejam eles produtos químicos, explosivos como também as armas de fogo de atiradores, colecionadores e caçadores, denominados popularmente como CACs.

► Mas aqui viemos falar somente das armas de fogo, se você quer saber se pode ou não ter gás mostarda ou bombas na sua casa AQUI NÃO É O LUGAR CERTO.

      Então vamos lá… No nosso querido país, dois órgãos independentes fazem o devido controle: o SINARM (Sistema Nacional de Armas), sob comando da Polícia Federal e o SIGMA (Sistema de Gerenciamento de Armas), sob comando do Exército Brasileiro.

No_Guns_Allowed

Para que uma arma de uso permitido, e somente de uso permitido, seja adquirida através do SINARM, o processo de aquisição e de alienação inicia-se com a manifestação de interesse do cidadão ao preencher um formulário específico, apresentação de certidões negativas, exposição dos motivos pelos quais se pretende adquirir a arma (justificação de efetiva necessidade) e comprovação de não estar respondendo a inquérito policial ou processo judicial, posto isso, o interessado deve procurar um psicólogo credenciado, responsável pela sua avaliação.

Já fez tudo isso e foi aprovado na avaliação psicológica?  Parabéns! Agora você sabe que não é maluco e só precisa fazer uma prova escrita onde são avaliados conhecimentos técnicos e teóricos sobre armas e munições, e após aprovado nesta, o candidato realiza uma prova prática onde é avaliada a capacidade de manuseio e a destreza de tiro na realização de disparos com armamento semelhante àquele que se pretende adquirir.

girlsandguns_01-474103f097594408a0479a1d6985cbd6932cbfa0-s6-c30-605x402

Após passar por mais esta etapa, o candidato então pode juntar ao seu processo os comprovantes de aprovação. Apresente toda a papelada para o lojista ou o vendedor autorizado pelo Superintendente Regional da Polícia Federal a realizar a venda da arma.  De posse da nota fiscal o proprietário então providencia o respectivo registro, podendo manter a arma no interior de sua propriedade ou ainda em estabelecimento comercial quando for o dono.

O Certificado de Registro de Arma de Fogo expedido pela Polícia Federal tem validade de três anos, devendo ser renovado através da realização do mesmo processo utilizado para a aquisição,
ou seja a cada três anos você vai precisar fazer tudo de novo…legal, né?

selo-sinarm

Agora vamos falar sobre o  SIGMA, que por sua vez também regula o comércio de armas, sendo que as autorizações de compra são realizadas pelo Comando do Exército, assim, o interessado primeiramente deve se habilitar como Colecionador, Atirador ou Caçador, em um processo simplificado regrado pela Portaria nº 05-DLog, de 02 de março de 2005, o qual se inicia com a apresentação de Requerimento ao chefe do Serviço de Fiscalização de Produtos Controlados, como de costume, a papelada necessária é grande e vai dar trabalho pra cacete, será a seguinte: certidões de antecedentes criminais e de não estar respondendo a inquérito policial ou a processo criminal, cópias de documentos de identidade e comprovante de residência, comprovante de pagamento de taxa de fiscalização e um termo de compromisso devidamente assinado.

De posse do Certificado de Registro – CR, o interessado então solicita autorização ao Exército para a compra da arma de fogo, devendo apresentar também a sua avaliação por psicólogo (se você é maluco desiste, que você não vai conseguir), e a aprovação em prova teórica e prática com armas de fogo, nos mesmos moldes do disposto no SINARM. Com a autorização deferida o cidadão então realiza a compra da arma, devendo formalizar a sua inclusão em seu mapa de armas existente no Exército, sendo o registro expedido válido por três anos.

Ainda tem dúvidas? Então olha o vídeo do canal da Tática Militar: